english

DIRETOR


Kleber Mendonça Filho nasceu no Recife, em 1968. Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, tem um trabalho abrangente como crítico e responsável pelo setor de cinema da Fundação Joaquim Nabuco. Escreveu para o Jornal do Commercio, no Recife, seu site CinemaScópio, Revistas Continente, Cinética e o jornal Folha de S. Paulo.

É também diretor artístico do Janela Internacional de Cinema do Recife, que teve sua 4a. edição em novembro 2011. Como realizador, migrou do vídeo nos anos 90, quando experimentou com ficção, documentário e videoclipes para o digital e o 35mm na década de 2000, realizando A Menina do Algodão (co-dirigido por Daniel Bandeira, 2003), Vinil Verde (2004), Eletrodoméstica (2005), Noite de Sexta Manhã de Sábado (2006), Crítico (2008) e Recife Frio (2009). Seus filmes receberam mais de 120 prêmios no Brasil e no exterior, com seleções em festivais como Brasília, Tiradentes, Festival do Rio, Gramado, Karlovy-Vary, Clermont-Ferrand, Hamburgo, BAFICI, Indie Lisboa e Cannes (Quinzena dos Realizadores).

Os festivais de Santa Maria da Feira, Toulouse e Roterdã já apresentaram retrospectivas dos seus filmes. Sua primeira experiência no longa metragem é o documentário Crítico, realizado ao longo de oito anos. O Som ao Redor é o seu primeiro longa-metragem de ficção.


Filmografia selecionada

Enjaulado (Caged In, 1997, Betacam, 33’)
A Menina do Algodão (The Little Cotton Girl, 2003, Mini DV / 35mm, 6’)     [ assistir ]
Vinil Verde (Green Vinyl, 2004, stills / 35mm, 16’)     [ assistir ]
Eletrodoméstica (2005, 35mm, 22’)    [ assistir ]
Noite de Sexta, Manhã de Sábado (2006, Friday Night, Saturday Morning, Mini DV / 35mm, 14’)    [ assistir ]
Crítico (2008, Mini DV / 35mm, documentary, 75’)
Luz Industrial Mágica (2009, HD, 10’)    [ assistir ]
Recife Frio (Cold Tropics, 2010, HD / 35mm, 25')